Como criar seu plano de negócios

É bem provável que como micro e pequeno empreendedor você não tenha criado propriamente um plano de negócios antes de começar efetivamente a operar. Mas, se você ainda não deu o passo inicial para ganhar dinheiro com o seu empreendimento, aproveite para iniciar com tudo planejado! E se você já está no meio do caminho, não tem problema, vamos te ensinar a redirecionar seu negócio para você chegar no seu objetivo.

 

Grande parcela dos novos empreendedores passam por inúmeras dificuldade nos meses iniciais justamente por não terem um plano de negócios claro. Esse planejamento evita riscos futuros, ao traçar um panorama do mercado, do produto e das atitudes do empreendedor. 

 

O que é um plano de negócios

 

Documento empresarial que contém a descrição dos objetivos do seu negócio e o passo-a-passo para que eles sejam alcançados. O plano de negócios possibilita que você identifique as falhas e dificuldades que o seu negócio pode vir a ter no futuro, evitando que você tenha que passar por elas na vida real.

 

Por isso, o plano de negócios contém informações detalhadas do seu ramo de atuação, produtos/serviços, clientes, concorrentes, fornecedores e ressalta os pontos fortes e fracos do negócio. Assim você consegue entender se a sua ideia e sua empresa são viáveis.

 

O plano de negócios atua organizando as ideias de um novo empreendimento; redirecionando as empresas que já estão em atividade; oferecendo suporte para administração do negócio, em números e estratégias; facilitando a comunicação entre os sócios colaboradores e clientes; e, também, contribuindo para a captação de recursos humanos e financeiros.

 

Como elaborar o plano de negócios em etapas

 

1- O sumário executivo vem antes, mas deve ser feito depois

 

Por ser um resumo das suas ações futuras, que estão sendo planejadas, ele será escrito por você somente na etapa final da elaboração do plano de negócios. O sumário executivo contém uma breve descrição da empresa e seus diferenciais competitivos, sua missão, produtos, serviços e principais benefícios, bem como o segmento de clientes, localização da empresa, investimento total, indicadores financeiros, forma jurídica e enquadramento tributário.  

 

Lembre-se de ser conciso nessa parte, no máximo três páginas são necessárias para essa Ela é apenas uma visão geral do seu plano de negócios.

 

2- Comece pela análise de mercado

 

A análise de mercado irá ajudar a compreender o mercado em que você vai atuar, ressaltando seus clientes, concorrentes e fornecedores. Para identificar o seu segmento de mercado, faça as seguintes perguntas:

  • Quem está comprando de mim?
  • O que está comprando?
  • Por que está comprando?

 

É interessante saber hábitos de compra, renda, nível cultural, onde moram e estilo de vida. Analise a concorrência para entender o que já está sendo feito e o que existe de janela para você solucionar. 

 

É importante, na sequência, pensar no posicionamento do seu produto, como ele será visto, se tem boa qualidade e bom custo-benefício ou se está acima da média. Somente assim você vai saber precificar seus produtos e serviços. 

 

3- Hora do plano de marketing

 

O plano de marketing é a forma estruturada de como sua empresa vai ofertar seus produtos e serviços. Basicamente, as atividades de marketing podem ser resumidas pelos 4 “Ps”: Produto, Pontos de Venda, Promoção (Comunicação) e Preço.

 

Aqui você precisa incluir a descrição dos seus produtos e serviços, sua qualidade e utilidade, inovações e diferenciações. Você vai incluir como serão feitas suas vendas e entregas.

 

4- Planos operacional e financeiro

 

Enquanto que o plano operacional irá descrever como a empresa está estruturada: localização, instalações físicas e equipamentos, assim como uma estimativa da capacidade produtiva do negócio mensal, o plano financeiro irá conter as estimativas de custos iniciais, despesas e receitas, de capital de giro e fluxo de caixa e de lucros.

 

Não deixe de apresentar cada item com detalhes no seu plano de negócios, etapa por etapa. Inclua quais serão seus custos pré-operacionais, o que será necessário adquirir para iniciar sua empresa. Veja o que tem urgência, o que pode ser deixado para ser adquirido depois, e o que pode ser alugado, por exemplo.

 

5- Análises do cenário e estratégica

 

A análise de cenários auxilia o empreendedor a prever e administrar os riscos do seu negócios. Crie cenários com resultados pessimistas, como queda de vendas e aumento de custos, para poder estar preparado para realizar ações com rapidez no futuro em uma crise. 

 

Também é importante projetar cenários otimistas para você poder potencializar as situações favoráveis. Tenha sempre um plano B!

 

Tenha claro as suas metas para poder desenhar seus passos. Detalhe suas forças, oportunidades, fraquezas e ameaças. 

 

Esteja sempre atento ao seu plano de negócios para não perder o seu rumo durante a existência da sua empresa. Boa sorte, esperamos que o seu negócio seja um sucesso!

 

Saiba mais como estruturar o seu negócio acompanhando-nos no Instagram e no Facebook.

×

Olá!

Precisando de ajuda com o Vendizap? É só clicar abaixo para falar com o Suporte.

× Ajuda